Dia do rock – A história

Um mundo é tão vasto e com diversas culturas que predominam em cada continente. Sendo inclusive, essas características especiais que acabam por moldar tudo ao nosso redor. No entanto, como tudo na vida há exceções, as datas comemorativas também possuem suas particularidades que são atribuídas conforme o país de origem. Sendo assim, existem locais onde as datas serão comemoradas em dias diferentes. Como por exemplo, o dia do rock, que em solo brasileiro, é comemorado no dia 13 de julho.

Todas as datas comemorativas são escolhidas com base em algum acontecimento inesquecível que aconteceu naquela data e que merece ser lembrado pelos restos de nossas vidas. Com o rock também foi assim, entretanto, é preciso ter em mente que, nem todos os marcos históricos precisam ser celebrados mundialmente no mesmo dia. Porém, devido a um evento que ocorreu em 13 de julho, esse dia ficou registrado para sempre na história do mundo da música, bem como no Brasil.

Mesmo não tendo acontecido realmente em nosso país, a celebração ocorre mundialmente após Phil Collins expressar o desejo depois de um dia contento apresentações memoráveis com diversas estrelas do rock que faziam sucesso naquela época. Portanto, é graças à ele que hoje podemos ter um dia exclusivo para comemorar e enaltecer um ramo da música tão bonito quanto esse.

Quando é comemorado, mundialmente, o dia do rock?

Como já foi mencionado anteriormente, as datas comemorativas são criadas por um motivo específico, sendo assim, o dia mundial do rock também foi criado após a realização de um megaevento, que marcou todos que estavam ou não presentes. Trata-se do Live Aid, um festival de música realizado para arrecadar dinheiro com o objetivo de acabar com a fome da Etiópia.

Tal acontecimento só foi concretizado graças à Bob Geldof e Midge Ure, que tiraram a ideia do papel e a fez acontecer em 13 de julho de 1985. De início, foram realizados dois shows, um no Wembley Stadium em Londres, no qual contou com a presença de 82 mil pessoas. O outro show foi realizado no John F. Kennedy Stadium na Filadélfia, alcançando um público de quase 100 mil pessoas.

dia do rock
Show de rock. Fonte: Reprodução/Internet

O Live Aid foi um dos maiores eventos já realizados e transmitido para mais de 100 países ao redor do mundo. O estimado pelas empresas é que, mais de 2 bilhões de pessoas tenham assistido as performances realizadas durante o dia do festival. É válido ressaltar que houveram shows sendo performados em outros locais do mundo, tais como Sydney, Moscou e Japão.

Com esses shows, o dia do rock ganhou uma data especial para ser lembrada por quem viveu naquele momento, ou até mesmo por quem nasceu anos mais tarde. O projeto tinha como meta, arrecadar 1 milhão de libras, porém, com o extremo sucesso realizado, no qual teve a participação de cantores e bandas americanos, ingleses, britânicos e irlandeses. O valor final angariado foi de 150 milhões de libras (aproximadamente 283,6 milhões de dólares).

Quais foram os shows que marcaram o dia mundial do rock?

Em sua primeira edição, a qual deu origem a data comemorativa, vários artistas se propuseram a participar do festival com o objetivo de arrecadar fundos, afim de diminuir o impacto causado pelo fome que domina a Etiópia. Dentre os convidados, estão bandas que marcaram toda uma geração e que mesmo após tantos anos, ainda fazem sucesso no Brasil e no mundo.

Dentre os artistas presentes nessa ocasião especial, no qual foi celebrado o dia do rock, podemos listar os seguintes nomes: The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Eric Clapton, Black Sabbath e Phil Collins, produtor musical que teve a oportunidade de tocar em ambos os shows realizados.

Um adendo muito importante quando falamos sobre o dia mundial do rock é que, mesmo sendo chamado assim, ele só é comemorado fielmente, desde a sua primeira edição em nosso país, ou seja, no Brasil. Mas, em outros locais, como por exemplo, nos Estados Unidos, o dia do rock é comemorado em 9 de julho, uma homenagem para o programa ‘American Bandstand’, que viralizou entre as décadas de 50 a 90 e fez com que tal gênero ganhasse notoriedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *